Nota 13

 

Configurações originárias do desejo – o imaginário. Partir de um lugar deve ser entendido como uma nova configuração no presente para alguma coisa que já estava em jogo e, portanto, se faz em uma noção de história. Não se admite aqui uma noção causal, mas um intempestivo que assola o fluxo do tempo com insistências de anacronias – particularidade da noção de história política de Walter Benjamin.

© 2019 por Revista Ensaia

// Caso esteja visualizando páginas desconfiguradas ou desalinhadas, verifique se seu browser está atualizado ou tente o acesso por meio de outro browser //