revista ensaia/ edição zero/ laboratório/ notas do subterrâneo/ nota 23

Nota 23

 

O cotidiano na semana de residência em Lumiar:

 

08h00min – acordar e fazer o Motions: uma sequência de posições e estiramentos construída por Grotowski na época do Teatro das Fontes ou Teatro das origens, que corresponde ao período de 1976 a 1982, quando Grotowski se propõe a recuperar interesses antropológicos e histórico-religiosos. A sequência do Motions tem a duração de meia hora, realizada em sincronia entre os participantes (em completo uníssono corporal) e meio ambiente, idealmente feita ao ar livre. A relação entre o físico e sua conexão com o outro, consigo mesmo e com o ambiente externo. Um dos objetivos principais do Motions é limpar o pensamento e proporcionar a máxima conexão com o “aqui e agora”. O sentido do Motions rege todo o trabalho de preparação para a cena e a encenação propriamente dita.

 

09h00min – Café da manhã coletivo.

 

10h00min – Tempo teórico de discussão de textos e exibição de filmes para estudo. Principais autores em discussão: Mircea Eliade, António Damásio, Rudolf Steiner, Claude Levi-Strauss. Cineasta: Andrei Tarkovski.

 

13h00min – Almoço (Celina é a cozinheira).

 

14h00min – Tempo livre (descanso, sono, banhos de rio, passeios).

 

17h00min – Treinamento físico e vocal descendente do training físico e vocal do Teatro Laboratório e yoga.

 

20h00min – Ensaio noturno.

 

 

© 2019 por Revista Ensaia

// Caso esteja visualizando páginas desconfiguradas ou desalinhadas, verifique se seu browser está atualizado ou tente o acesso por meio de outro browser //