Porto: entre os espíritos e os peixes

texto e ensaio fotográfico por Valda Nogueira

Sepetiba é um pequeno bairro localizado no extremo oeste do Rio de Janeiro. Seu litoral é banhado pela Baía de Sepetiba e conta com três praias. Muito procuradas até os anos 80 por sua beleza e tranquilidade, as praias de Sepetiba encontram-se atualmente em um processo de avançada degradação ambiental. O impacto, causado pelo desenvolvimento urbano e industrial nas regiões vizinhas, levou a comunidade a sérias transformações culturais e econômicas.

Retorno ao lugar onde cresci para construir um memorial afetivo sobre esse território e os elementos que o constituem – os deuses, as águas, os homens e os peixes.

Porto é uma história sobre natureza, espiritualidade e pertença – um lugar onde morte, vida e magia se cruzam e se deslocam através dos tempos e das marés.
 

Foto: Analu Nogueira

Valda Nogueira é fotógrafa com formação e atuação em fotografia documental humanista. Atualmente estuda Artes Visuais na Universidade Estadual do Rio de Janeiro  e integra o coletivo Farpa. Povos, territórios, ancestralidade

e cultura são os temas centrais de seus projetos autorais e documentações fotográficas.  Este e outros trabalhos podem ser visualizados em seu site: http://valdanogueira.com.

1/1

1/1

© 2019 por Revista Ensaia

// Caso esteja visualizando páginas desconfiguradas ou desalinhadas, verifique se seu browser está atualizado ou tente o acesso por meio de outro browser //