revista ensaia/ edição zero/ laboratório/ notas do subterrâneo/ bibliografia

Bibliografia

 

 

AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Trad. Henrique Burigo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

 

_____________. Profanações. Trad. Selvino José Assmamnn. São Paulo: Boitempo, 2007.

 

BARTHES, Roland. Roland Barthes por Roland Barthes. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

 

BENJAMIN, Walter. A tarefa do tradutor, de Walter Bebjamin: quatro traduções para o português. Trad. Fernando Camacho. Belo Horizonte: Fale/UFMG, 2008.

 

_____________. “Que é o teatro Épico?”.  In: Obras escolhidas: Magia e técnica, arte e política. Trad: Sergio P. Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

 

BORGES, Jorge Luis. Ficções. Trad. Davi Arrigucci Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

 

GROTOWSKI, Jerzy. Em busca de um teatro pobre. Trad. Aldomar Conrado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1971.

 

_____________.  ‘A possibilidade do teatro”. In: O teatro Laboratório de Jerzy Grotowski – 1959-1969. São Paulo: Fondazione Pontedera Teatro/Edições SESC-SP/Perspectiva, 2007.

 

KUMIEGA, Jennifer. “Training” in Jerzy Grotowski. Laricerca nel teatro e oltre Il teatro 1959-1984. Traduzione di Leonardo Gandini. Firenze: Centro per la sperimentazione e la ricerca teatrale di Pontedera. La casa Usher, 1989.​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​

 

MANZONI, Piero. “A arte não é uma verdadeira ficção”. In: Escritos de artistas: anos 60/70. Seleção e comentários Glória Ferreira e Cecília Cotrim. Tradução de Pedro Sussekind... et al. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2009.

 

MOTTA LIMA, Tatiana. Palavras praticadas: o percurso artístico de Jerzy Grotowski. São Paulo: Perspectiva, 2012.

 

MURICY, Katia. Alegorias da dialética. Imagem e pensamento em Walter Benjamin. Rio de Janeiro: Relume Dumará: 1999.

 

OLIVEIRA, Dinah de. Pensamento material: o training físico como linguagem. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, x, 165f. Rio de Janeiro, 2010.

 

RANCIÈRE, Jacques. O destino das imagens. Tradução de Mônica Costa Netto. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

© 2019 por Revista Ensaia

// Caso esteja visualizando páginas desconfiguradas ou desalinhadas, verifique se seu browser está atualizado ou tente o acesso por meio de outro browser //