Nota 11

 

Atar-se O dia já amanheceu, as tarefas para se chegar em terra firme logo, logo começarão. Ainda assim, uma réstia de tempo ata-nos a reflexões sobre como não naufragar: na convivência com os outros, nas tarefas, na busca incessante das melhores condições para o corpo, na responsabilidade de viver, em glória, a grandeza do presente. Ser eternamente o presente. (José Rufino, sobre Ulysses, Casa França-Brasil, fevereiro de 2013)

 

© 2019 por Revista Ensaia

// Caso esteja visualizando páginas desconfiguradas ou desalinhadas, verifique se seu browser está atualizado ou tente o acesso por meio de outro browser //